domingo, 14 de março de 2010

Capítulo 30

Harry: Tu tens de ir para as aulas! E nós também|!
Van: Mas e o Justin?
Ron: Ele fica em boas mãos! Não te preocupes!
Van: Mas eu não posso ficar com ele?
Hermione: Não! Tu tens de ir para as aulas!
Van: Mas eu quero ficar com ele aqui!
Joe: Vais já mas é pelas orelhas!
Van: Quero ver isso! Tu nem podes com uma formiga! Quanto mais comigo!
Joe: Tens a certeza?
Van: Tenho! E.... daqui não saiu, daqui ninguém me tira! Daqui não saiu, daqui ninguém me tira! (cantando)

Joe pega em Vanessa e mete-a às costas.

Van: Mete-me no chão! Já! Mete-me no chão!
Joe: Vais mas é para as aulas e acabou!
Van: JOE! PÁRA!
Joe: Tu vais para as aulas como já disse e ninguém me vai fazer desistir!
Van: Mas eu quero ficar com o Justin! Eu tenho de ter a certeza de que o Malfoy não lhe toca! Ele está alí!
Joe: Eles encarregam-se disso!
Van: JOE! CHÃO! JÁ!
Joe: Vai lá para o chão! Irra! Mas que chata! E vê lá se não.......

Vanessa já tinha começado a correr em direcção à enfermaria.

Joe: ESPERA!
Van: NÃO POSSO!

Na enfermaria:
Harry: Acerca daquilo que aconteceu aos pais da Van! Eu tenho a certeza de que não foi o Voldemort, com tudo pode ter sido a Bellatrix, ou então outro Devorador da Morte qualquer....
Van: O que?
Ron: Vanessa! Eu quero-te mostrar uma coisa! Anda comigo! E tu também Hermione!
Van: NÃO! Eu quero saber quem matou os meus pais!
Harry: Mas nós não temos a certeza de nada! Eles podem muito bem ter sido mortos por causa de não terem dito onde é que tu estavas e provavelmente terem destruído a tua carta!
Van: Não, eles não fariam uma coisa tão estúpida como morrer por mim!
Harry: Por vezes os pais para protegerem os filhos são capazes de tudo! Olha os meus por exemplo! Eles morreram para me salvar! Eu praticamente não os conheci!
Van: Mas Harry tu eras pequeno quando eles morreram! E eu vivi com eles durante toda a minha vida!
Harry: E o que queres dizer com isso? Que eu não sinto a falta deles como tu sentes? É isso que queres dizer? É que se é estás muito enganada!
Van: Não, claro que não era aquilo que eu queria dizer!
Harry: Está bem! Está bem! Eu vou mas é para as aulas! Xau!
Ginny: Harry! Vá lá!
Harry: Xau malta!
Van: Harry. desculpa, eu não queria ter dito aquilo!

Harry já se tinha afastado de todos os outros.

Van: Eu não queria ter dito aquilo! Foi sem querer! Saiu da boca para fora, eu sei que ele sente tanto como eu a falta dos pais!
Ginny: Ele não gosta que falem dos pais dele! Ele sempre foi mal-tratado pelos tios, nunca o quiseram lá em casa! E quando descobriu que foi um feiticeiro das trevas que matou os pais dele........
Van: Está bem, mas eu não queria ter dito aquilo! Como já disse saiu-me da boca para fora! (sai a correr)
Joana: Vanessa! Onde vais?!
Van: Não se preocupem! Eu não me perco!

Vanessa começa a correr pelos corredores e depois pára e encosta-se a uma parede.

Van: Muito bem...... Perdi-me! Fui tão estúpida! Coitado do......
Y: Perdeu-se! Perdeu-se! Perdeu-se! Vou-me embora!
Van: Não! Espere! Senhor fantasma! Espere! Por favor!
Y: Xau! Xau!
Van: Não! Espere!
Y: Eu sou o Pevees! E tu és a perdida! Ahahahahahah! (vai embora)
Van: Lindo! Estrago tudo! Eu começo a achar que não devia ter saído do "Meu" Mundo! Já que não vou conseguir encontrar a saída tão cedo vou mas é explorar.

Vanessa começa a andar pelo castelo, até que passa por um lugar onde sente um arrepio e decide olhar para trás. E viu um fantasma gordinho e com o pescoço cortado, mais conhecido por Nick Quase-Sem-Cabeça.

Nick Quase-Sem-Cabeça: Desculpa! Tu não és um Gryffindor?
Van: Sim, sou! E o senhor?
Nick: Quase-Sem-Cabeça: Sou Nicholas Quase-Sem-Cabeça, mas podes chamar-me Senhor Nicholas! Estás perdida?
Van: Ah! Ok! E sim, um bocadinho! Bem... Está bem! Estou completamente perdida!
Nick Quase-Sem-Cabeça: E queres ajuda ou queres tentar encontrar sozinha?
Van: Eu vou tentar encontrar sozinha!
Nick Quase-Sem-Cabeça: Está bem! Se percisares, basta gritares!
Van: Obrigado!

Com os outros:
Joana: Quase de certeza de que se perdeu! O castelo é enorme! Ela perdeu-se!
Marc: Andam sempre professores pelo castelo, encontram-na de certeza, por isso ela não se perde!
Justin. Desde que não seja o Snape!
Mitch: Tu não devias de estar alí?
Justin: Sim, devia, mas eu já posso ir embora, foram só uns arranhões!
Lilly: Uns arranhões e tens isso à volta da cara?
Justin: A Madame Pomfrey disse que era melhor ficar com isto na cara até amanhã de manhã! E quando me levantar para vir aqui tirar!
Marc, Joana: Ah! Ok!
Joe: E então o que eu perdir?
Nick, My: Muita coisa!
Joe: Tipo.....?
Kev: Discução!
Joe: Entre?
Sel: Quem é que falta aqui?
Joe: Harry e Van!
Ron: E aí tens a resposta!
Joe: Mas o que se passou para eles discutirem?

Contam a Joe o que se pasou e Justin fica também a saber.

Justin: Coitado!
Joe: Ya, mas ela de certeza que não queria ter dito aquilo!
Ginny: Ela tentou dizer que saiu da boca para fora, mas ele não quis ouvir e foi embora.
Justin: E onde é que ela está?
Ron: Anda por aí!
Justin: Ela nao se perde! Ela tem um bom sentido de orientação!
Todos: Lol!

Com Harry:
Harry estava quase a chegar à sala quando se dá conta de que não tinha os livros consigo e decide ir à Sala Comum busca-los, quando já tinha os livros e sai da Sala Comum vai contra uma pessoa.

Harry: Desculpa! Não te vi!
Van: Harry!
Harry: Ah! Desculpa! Xau! Tenho de ir!
Van: Podemos falar?
Harry: Eu vou ter aulas! Tenho mesmo de ir!
Van: Anda lá! Por favor!
Harry: Ok!
Van: Desculpa ter dito aquilo, mas saiu-me, não consegui ficar calada!
Harry: Não faz mal! Eu percebo, eu também ficava assim se tivesse acabado de perder os meus pais, apesar de já os ter perdido já lá vão 14 anos!
Van: Pois....... E é muito difícil?
Harry: Desde que descobri que sou feiticeiro, é um bocadinho mais fácil, mas mesmo assim não deixo de sentir a falta deles! Mas apesar de tudo, eu agora tenho amigos com quem sei que posso sempre contar! Olha o Ron por exemplo! Eu e ele estamos sempre metidos nas mesmas coisas apesar de serem perigosas e às vezes ele fica em apuros por minha culpa, mas mesmo assim continuamos amigos!
Van: E também tens a Ginny! E a Hermione!
Harry: Sim, elas também! E tu tens o Justin, a Ginny! E o Ron! Que eu reparei que tens começado a dar melhor também, não é?
Van: Sim, mas não tão bem como tu!
Harry: Mas isso com o tempo vai lá!
Van: A sério?
Harry: Claro! só uma coisa.....
Van: Sim?
Harry: Desculpa, não te ter querido ouvir ao bocado, mas é que eu não gosto que falem dos meus pais!
Van: Não faz mal, eu é que fiz asneiras, tu não tinhas nada de pedir desculpas, eu é que tenho!
Harry: Sendo assim desculpas aceites!
Van: Ainda bem! Obrigado!
Harry: De nada! Temos de ser uns para os outros!
Van: Ya!
Harry: E não te preocupes que quando acabarmos a escola vamos dar cabo deles! E descobrir quem matou os teus pais!
Van: Estás mesmo a falar a sério?
Harry: Mas é claro que estou!
Van: Obrigado Harry, nem sei o que dizer!
Harry: Diz só concordo!
Van: Muito bem, eu concordo!
Harry: Então está decidido! Eu, tu, o Ron, a Hermione e a Ginny vamos conseguir vingar a morte dos meus e dos teus pais. Apesar de eles só irem para nos ajudar, nós é que vamos acabar com eles! E o Justin se quiser etambém pode ajudar! E os outros também, apesar de se tornar muito mais perigoso!
Van: Pois....
Harry: Na altura decidimos isso! Mas se tivermos de decidir muito em cima da hora vão apenas aqueles que se sentirem preparados e que estejam presentes!
Van: Concordo contigo!
Harry: Agora acho mesmo melhor irmos andando para as aulas! Já tens os teus livros?
Van: Não, vou agora busca-los!
Harry: Ok! Eu espero aqui por ti!
Van: Ok! Obrigado!

Vanessa vai ao dormitório, pega nos livros e volta para a beira de Harry.

Harry: E o que vais ter agora?
Van: Herbologia e tu?
Harry: Transfiguração.
Van: Isso é com a professora McGonagall, não é?
Harru: Sim, mas porque?
Van: Queria ter a certeza!
Harry: Ah! Ok!
Van: E qual é o professor que tu gostas menos?
Harry: Snape! e tu?
Van: Igualmente!
Harry: Eu acho que nunca gostei dele!
Van: Pois..... Parece ser muito antipático!
Harry: Excepto para o Malfoy! Ele sempre simpatizou com ele, desde o primeiro ano em Hogwarts!
Van: A sério? Porque?
Harry: Provavelmente porque deve de conhecer os pais dele, sei lá, ou então porque "trabalham" juntos!
Van: O que queres dizer com isso de "trabalham" juntos?
Harry: Os pais do Malfoy e o Snape são Devoradores da Morte, por isso é .....
Van: São o que? (começando a ficar zangada)
Harry: Calma, calma, eles só prejudicam quando estou enervado com alguém ou alguma coisa!
Van: E foi por isso que decidiram matar os meus pais? (começa a chorar)
Harry: Calma! Calma! (limpa as lágrimas a Vanessa)
Van: eu nunca mais os vou ter de volta! Mas eles também vão perder algo muito importante, nem que seja a última coisa que eu faça!
Harry: Vanessa! (agarrando-lhe o braço)
Van: Tu nunca quises-te vingar a morte dos teus pais?
Harry: Sim, mas é claro que quis, ainda quero, mas não vou agir de cabeça quente sem sequer ter um plano decente para o puder fazer!
Van: Pois... mas eu tenho mesmo de....
Snape: Tem de o que Menina CONDE?
Van: NADA QUE SEJA DA SUA CONTA INTROMETIDO!

Snape: Diga!
Van: :P
Snape: Mal-Educada!
Van: Desculpe, mas os meus pais sempre me disseram para não falar com estranhos! :P
Harry: Anda! Ou ainda levas com outra maldição Cruiciatus!
Snape: Cale-se Potter!
Harry: E se eu não quiser? Vai tirar quanto pontos aos Gryffindor? 150 pontos? 200?
Van: Ele é....
Snape: Nem se atreva a insultar-me!
Van: Nem me ia dar a esse trabalho! E é verdade! O professor Dumbedor já falou consigo?
Snape: Sim, falou! E não adiantou de nada, apenas para eu dizer coisas estúpidas como nunca mais ia torturar um aluno de Hogwarts!
Van: Você devia era de ser expulso de Hogwarts para sempre!
Snape: IMPERTINEnTE!
Van: Eu sei, eu sei! E desampare-me a loja! Consegue ser mais chato do que um velhote com 150 anos!
Harry: Isto claro se já não os tiver não é professor?
Snape: Mais um mês de castigo Potter!
Van: Sendo assim eu também fico! E é escusado dizer que não, porque fico na mesma!
Snape: Sendo assim para si são 4 meses!
Van: Está bem! Chato!
Snape: Mais um mês!
Van: Mas será que não percebe que quem lhe vai fazer a vida negra sou eu? É que se ainda não percebeu é porque é mesmo DDDDDAAAAA!
Snape: É o que vamos ver! (ergue a varinha)
X: Professor Snape! O que vai fazer?
Snape: Nada, Professor Dumbledor!
Professor Dumbledor: Espero bem que não faça nada!
Snape: .....
Dumbledor: Sendo assim pode guardar a varinha, não é Severus?
Snape: Claro! (guarda a varinha)
Dumbledor: Harry! Vanessa! Posso falar convosco?
Van, Harry: Claro!

Dumbledor, Harry e Vanessa afastam-se de Snape.

Dumbledor: E que aula vão ter agora?
Harry, Van: Almoço!
Dumbledor: ah! Pois....... E como foi o seu primeiro dia de aulas em Hogwarts?
Van: Foi bom, excepto aquele pequeno incidente, na aula de Poções!
Dumbledor: Isso já está resolvido!
Van: .....
Harry: E se fosse-mos indo para o Salão professor?
Dumbledor: Claro! Vamos!


Harry, Vanessa e Dumbledor vão para o Salão Nobre, Dumbledor vai para a mesa principal, para junto de todos os outros professores, enquanto Harry e Vanessa se sentam juntamente com todos os outros Gryffindor. O resto do dia foi calmo porque Malfoy só saíu da enfermaria à hora de jantar, pois a enfermaria estava um bocadinho cheia. Nessa noite Kevin decide sair da Sala Comum dos Hufflepuff, indo atrás de Selena, que também tinha saído, seguiu-a, até que vai contra alguém.

Y:Desculpa! Não te vi!
Kev: Não faz mal, mas não devias de estar a dormir?
Y: E tu também!
Kev: Pois..... mas eu perguntei o que andas a fazer...
Y: Não consigo adormecer, não sei porque!
Kev: Bem..... e eu vou dormir! Xau até amanhã Justin!
Justin: Até amanhã! E vê lá se te entendes com a Sel!
Kev: Com a Sel? Porque dizes isso?
Justin: Ela está alí e tu vies-te atrás dela! Não é muito difícil de adivinhar isso!
Kev: Pois..... e não te metas puto! Eu tenho mesmo de falar com ela!
Justin: Fala! DDDDDAAAAAA!
Kev: Pois.... pois.... falar é facil! E não faças barulho, a Sel pode ouvir ou até mesmo o Peeves ou o Filch!
Justin: Ok! Ok! Eu vou é para a cama! Xau! Até amanhã!

Justin vai para o dormitório e deita-se na cama a olhar para cima, sem conseguir adormecer. Enquanto que Kevin continua a  seguir Selena, até que a ouve a escrever uma carta dirgida a Taylor.

"Querido Taylor...
 Eu sei que desapareci de um momento para o outro, mas quero que fiques a saber que te adoro e nunca te esquecerei! Eu voltarei para ti quando for seguro, por agora eu não posso ir ter contigo, mas prometo-te que assim que me for possível vou! Não te esqueças de mim e que te adoro e também que nunca te esquecerei como já te disse! Mas por agora não te posso dizer onde estou, quem sou e porque fui embora! Mas assim que for seguro voltar eu digo-te! Desculpa! Cuida-te! Beijos da Sel!"

Ao ouvir isto Kevin sente um forte arrepio como se lhe tivessem atirado com um balde de água gelada para cima do corpo quente e decide ir para beira da horta da casa do Guarda dos Campos (Hagrid).

Hagrid: Que fazes aqui?
Kev: Estou a espairecer! E tu?
Hagrid: Eu vivo aqui!
Kev: Ah pois! Tinha-me esquecido!
Hagrid: Fang! Está quieto! (Fang é o cão de guarda de Hagrid) Nunca está quieto!
Kev: É cão, não faz nada, por isso tem de se divertir de alguma maneira!
Hagrid: É tarde! Tens de ir para a cama!
Kev: Acho que não vou ter sono! Nem vou adormecer tão cedo!
Hagrid: Então entra e toma um chá comigo! Sempre está mais quente!
Kev: Ok! Vamos lá!

Hagrid e Kevin entram, começama tomar o chá e de repente aguém bate à porta da cabana.

Hagrid: Esconde-te(sussurando) Quem é?
Sel: Sou eu! A Selena!
Hagrid: Ah! Entra! (abre a porta e Selena entra)
Kev: Sendo assim eu vou embora!
Hagrid: Fica, eu preciso de companhia, estou sempre aqui sozinho!
Kev: Não, eu vou mesmo!
Sel: Se é por minha culpa podes ficar!
Kev: Não, podes ficar descansada, eu vou dormir! Amanhã falamos Hagrid! Xau!
Hagrid: Xau! Tem cuidado podes ser apanhado pelo ranhoso do Filch!
Kev: Eu o chato do Snape ou outro professor qualquer!
Sel: Tem cuidado!
Kev: eu fico bem! Xau Hagrid!
Hagrid: Xau!

Kevin vai embora e Selena fica com Hagrid.

Hagrid: Que se passou?
Sel: Nada! Não ligues!
Hagrid: Nada?
Sel: Sim, esquece.....
Hagrid: Ok! Mas o que vieste aqui fazer?
Sel: Vim ver como estavas.....
Hagrid: A estas horas da noite?
Sel: Sim.... não conseguia adormecer!
Hagrid: Tá bem! Tá bem! Mas a esta hora da noite, vocês estão a arriscar muito! Se alguém vos apanha estão tramados!
Sel: Pois.... mas que castigo é que nos podem dar assim tão mau?
Hagrid: Tipo irem para a floresta proibida à noite!
Sel: A sério?
Hagrid. Sim, fizeram isso ao Harry, à Hermione, ao Neville e ao Malfoy!
Sel: E foram sozinhos?
Hagrid: Ná! Eles foram comigo e com o Fang, mas o Fang é um grande medricas....
Sel: Mas parece um cão tão corajoso e feroz!
Hagrid: Sim, parece, mas não é! É um cobarde e meigo!
Sel: Lol! Mas é fofo! (faz uma festa a Fang)



Espero que estejam a gostar! E desculpem o tempo que demorei a escrever este capítulo, mas é que os testes começaram e vão continuar esta semana! Mas no próximo fim-de-semana eu escrevo! Não se esqueçam de comentar! E mais uma vez desculpem o atraso!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial